(21) 3216-7700 / (21) 2406-7700 (21) 99496-6060

Coordenação


Felipe Asensi e Raquel Elena Rinaldi Maciel


DIRETOR DA ESCOLA DE DIREITO - Felipe Asensi

Pós-Doutor em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Doutor em Sociologia pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP/UERJ). Mestre em Sociologia pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ). Advogado formado pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Cientista Social formado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Aperfeiçoamento em Direitos Fundamentais pela Universidad Complutense de Madrid (UCM) em Empreendedorismo pela University of Maryland (UM) e em Coaching pela University of Cambridge (UCA). Professor visitante da Fundación Universitaria Los Libertadores (FUL). Foi Visiting Scholar da Universidade de Coimbra (UC). Membro da Comissão Tutorial do Programa Internacional Erasmus Mundus (União Européia). Membro vitalício da Academia Luso-Brasileira de Ciências Jurídicas (ALBCJ). Membro Efetivo do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). Senior Member da Inter-American Bar Association (IABA). Membro Benemérito do Instituto Latino-Americano de Argumentação Jurídica (ILAAJ). Membro do Comitê Consultivo Nacional da Biblioteca Virtual de Saúde (BVS-Integralidade). Membro Titular da Red Iberoamericana de Derecho Sanitario (RIDS). Membro do Conselho Curador do PenseSUS (Fiocruz). Membro da Asociación Latinoamericana de Sociología (ALAS). Presidente do Conselho Editorial da Editora Ágora21. Presidente da Comissão de Gestão Jurídica da OAB-RJ. Consultor para o Brasil do World Justice Report.

COORDENADORA DA ESCOLA DE DIREITO - Raquel Elena Rinaldi Maciel

Doutoranda em Teoria e filosofia do Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Mestre em Teoria e Filosofia do Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Pós-graduada em Direito Público pela Universidade Católica de Petrópolis (UCP). Graduada em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Aprovada em 2° lugar no concurso de professor substituto em Direito Público da UFRRJ. Atuou como coordenadora de curso de graduação em direito da Faculdade Gama e Souza. Diretora Regional da ABA-RJ - Associação dos Advogados do Brasil. Associada ao CONPEDI (Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Direito). Avaliadora e parecerista da Revista jurídica PUBLICUM (UERJ) Pesquisadora. Advogada. Docente em cursos de graduação e preparatórios para o exame da ordem (Curso FORUM, curso CEJ e curso EDITAL). Docente no curso de graduação em Direito da Faculdade Signorelli.

 

Objetivos

Gerais:

• Formar um profissional, bacharel em Direito, com sólida formação geral e humanística, dotado de capacidade de análise e articulação de conceitos e argumentos, de interpretação e valorização dos fenômenos jurídico-sociais, aliada a uma postura reflexiva e visão crítica, colocando as instituições a serviço do homem e da sociedade e o Direito a serviço da emancipação social num mundo em permanente transformação.

Específicos:

- O bacharel em Direito formado pela UCB deve reunir as seguintes competências:

- Tomada de decisões – O trabalho dos profissionais deve estar fundamentado na capacidade de avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências do campo de Direito;

- Comunicação – Os profissionais devem ser acessíveis e devem manter os princípios éticos no uso das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de outras áreas e o público em geral;

- Liderança – No trabalho em equipe multiprofissional, os bacharéis em Direito deverão estar aptos a assumirem posições de liderança, sempre tendo em vista o bem da comunidade;

- Educação permanente – Os profissionais devem ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática e de ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e treinamento das futuras gerações de profissionais, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmica e profissional, a formação e a cooperação por meio de redes nacionais e internacionais.*(Resolução nª8/2004)

- Capacitar profissionais que contribuam criativamente para o desenvolvimento da sociedade brasileira e consolidem os novos institutos políticos constitucionais como instrumentos de viabilização das expectativas sociais emergentes;

- Desenvolver uma postura reflexiva e visão crítica que fomente a capacidade de trabalho em equipe e favoreça a aptidão para a aprendizagem autônoma e dinâmica, além da qualificação para a vida, o trabalho e o desenvolvimento da cidadania;

- Revelar competência profissional para desenvolver uma práxis posta a serviço do respeito, da dignidade e da justiça social, buscando, permanentemente, através das investigações, refletir e criticar a sociedade e a educação jurídica no momento histórico de sua atividade profissional;

- Oferecer formação comum e diversificada no ensino das disciplinas jurídicas de formação tradicional – o saber humanístico e o saber científico e tecnológico – com as linhas de estudo e pesquisa que absorvam os novos âmbitos do conhecimento jurídico e identifiquem as conexões com os demais ramos do saber, captando e compreendendo a realidade social;

- Demonstrar, no exercício da profissão, fidelidade aos princípios fundamentais do saber humanístico como sua origem e fundamento de compromisso social e da educação jurídica;

- Contribuir para elevar os padrões dos cursos de Direito, de forma que os estudos jurídicos adaptem-se às demandas dos grupos sociais emergentes, procurando viabilizar as transformações necessárias à estabilização e ao desenvolvimento institucional brasileiro;
- Desenvolver princípios éticos;

- Estimular o exercício da cidadania, ressaltando a importância do bacharel em Direito no contexto social;

- Conhecer e utilizar métodos e técnicas de investigação e elaboração de trabalhos científicos;

- Incentivar a produção acadêmica voltada à transformação do conhecimento do senso comum em conhecimento científico;

- Estimular o surgimento de uma mentalidade integradora entre ensino, pesquisa e extensão ajustada à realidade local e ao novo conceito de desenvolvimento sustentável.

Diferenciais

- A criação do Curso de Direito na UCB não foi apenas um projeto da Universidade mas uma exigência desta região geoeconômica e educacional do Estado do Rio de Janeiro bem como uma resposta às expectativas que a comunidade depositou no desempenho de nosso papel quanto à ocupação dos espaços socioeducativos da Zona Oeste tendo em vista o seu crescimento e a necessidade de profissionalização de sua população.

- O Projeto Pedagógico do Curso de Direito é uma das demonstrações das possibilidades socioeducativas da UCB e das nossas esperanças de que as autoridades educacionais e corporativas permitam que a Universidade cumpra e desenvolva o seu papel numa das mais importantes necessitadas e promissoras regiões do Estado do Rio de Janeiro.

- A Universidade Castelo Branco sendo uma das mais sólidas instituições educacionais do Estado não pode estar afastada da produção e da transmissão do conhecimento jurídico ao implementar e reconhecer a sua vocação interdisciplinar e a sua integração institucional.

- Para alcançar tais objetivos a UCB tem oferecido atividades de ensino pesquisa e extensão na área jurídica despertando manifestações favoráveis ao instalar no seu campus o Juizado Especial Cível do Consumidor e da Infância e Juventude e o Núcleo de Cidadania e Prática Jurídica com a finalidade de desenvolver o Curso de Direito.

- O desenvolvimento e o planejamento destas atividades nos amadureceu para propor um currículo pleno que melhor atenda aos problemas da região e a disponibilidades da Universidade. E ainda contemple as prescrições comuns de acordo com as normas legais.

- Estas preocupações materializaram-se de forma a privilegiar o Núcleo de Cidadania e Prática Jurídica (NCPJ). O nosso propósito é buscar um envolvimento mais direto do Curso de Direito da Universidade com o Foro Regional particularmente numa ação especialmente preventiva voltada para as áreas de família e criminal ambas indicativas de desagregação social a exigir um envolvimento socioeducativo assistencial e jurídico intensivo. Este envolvimento que alcançaremos através das gestões que estão sendo desenvolvidas para a celebração de um convênio com o Foro Regional criará as condições básicas para apoiarmos os novos trabalhos e prepararmos os nossos alunos para as atividades contenciosas futuras. Como se verifica a criação do Curso de Direito na Universidade Castelo Branco não apenas permitiu a complementação de sua estrutura acadêmica integrando-a ao processo de produção e transmissão do conhecimento jurídico como garantirá a sua vocação universitária resguardando o seu papel na construção e consolidação das instituições brasileiras e na superação dos problemas da região. Este curso todavia não é um mero reprodutor de conhecimento mas responde às demandas e exigências da sociedade brasileira colaborando na criação e na produção do conhecimento jurídico principalmente numa área geográfica do Rio de Janeiro em expansão e com problemas sociais significativos. O nosso objetivo é implantar um Curso de Direito que proporcione a compreensão do sistema legal viabilizando a formação de profissionais que possam entender e contribuir para a solução de questões jurídicas bem como atuar preventivamente junto à sociedade.

Mercado de Trabalho

O Curso de Direito é um dos cursos que oferece maiores possibilidades de colocação no mercado de trabalho. Além das carreiras púbicas tradicionais, como juiz, promotor, delegado, defensor, advogado da União etc., o concluinte poderá apostar numa carreira na iniciativa privada, exercendo a advocacia em empresas e demais instituições do gênero, ou em seu próprio escritório. É sem dúvida uma excelente opção profissional!

O Curso de Direito é um dos cursos que oferece maiores possibilidades de colocação no mercado de trabalho. Além das carreiras púbicas tradicionais, como juiz, promotor, delegado, defensor, advogado da União etc., o concluinte poderá apostar numa carreira na iniciativa privada, exercendo a advocacia em empresas e demais instituições do gênero, ou em seu próprio escritório. É sem dúvida uma excelente opção profissional!

Estrutura Curricular

Duração

5 anos (10 semestres)

Investimento

Realengo - Noite - R$ 1.000,62*

 

Direito - Enfoque Empresarial

Centro - Manhã/Noite - R$ 1.277,56*

 

*Valores já com desconto para pagamento antecipado.

 *Valores sujeitos a alteração, de acordo com o número de créditos cursados.

Campus

Campi Realengo e Centro

Corpo Docente

Clique aqui para saber mais

Ato Legal

Portaria MEC 3.693 de 20/12/2002, DOU de 23/12/2002