(21) 3216-7700 / (21) 2406-7700 (21) 99496-6060

Por Juliana Monteiro, Mariana Michel e Rafaela Carrilho

Chegar ao fim da graduação, muitas vezes, é se deparar com dúvidas sobre futuro: conseguir um bom emprego, continuar os estudos, empreender… Para ajudar nossos alunos que estão no fim da graduação, a equipe ENADE da Universidade Castelo Branco preparou o Dia do Formando.

O professor Alfredo Maio explicou que o objetivo do Dia do Formando “é dar oportunidade ao aluno de conhecer o mercado de trabalho. O aluno, quando entra na universidade, tem basicamente dois objetivos: se capacitar e entrar no mercado de trabalho. O grande problema hoje é que o aluno sai da universidade sem saber o que é o mercado de trabalho”. Segundo o professor, “o MEC direciona muito o aluno para o operacional e para a pesquisa. Mas existe o verbo administrar, daí a importância do MBA, existe o verbo periciar, o ensinar, auditar, o empreender”. Para ele, é preciso ser passado para o aluno “as possibilidades e habilidades que ele possui”. O Dia do Formando surgiu para “orientar nossos profissionais [alunos] da capacidade que vão ter ou não na hora de entrar no mercado de trabalho”. O evento foi desenhado com base em uma pesquisa feita com os alunos perguntando o que eles queriam fazer depois de formados, além de esclarecer o ENADE. As principais respostas foram cursar pós-graduação, trabalhar na área e prestar concurso público. Em resumo, professor Alfredo afirma que “o Dia do Formando foi pensado para que o aluno saia da universidade sabendo das dificuldades do mercado de trabalha para que não seja preciso aprender na pele. Nós temos obrigação de fazer isso”.

 Foram três dias de palestras com foco em mercado de trabalho, empreendedorismo, educação continuada e concurso público. Nessa edição, foram os alunos que prestarão o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes – ENADE foram o público-alvo, apesar de o evento ter sido aberto a todos os formandos. Nesse semestre, são os alunos dos cursos de Saúde.

No dia 20 de outubro, os alunos de Medicina Veterinária, no campus Penha, tiveram palestra sobre cardiologia veterinária, além de aprenderem sobre a importância da educação continuada.

Nos dias 24 e 25 de outubro, os formandos do campus Realengo ouviram profissionais de diversos campos da saúde contando sua experiência, dando dicas, seja em cursos de pós-graduação, MBA, mestrado ou doutorada, seja em como estudar para concurso público, seja sobre atos profissionais, habilidades e mercado de trabalho.

Na abertura do evento, o organizador do Dia do Formando, professor Alfredo Maio, explicou sobre prova do Enade – suas características e dicas sobre as questões, além de como preencher o Questionário do Estudante.

Devido à quantidade de alunos e suas diversas graduações, no campus Realengo, os grupos foram divididos por área para as atividades específicas.

Em relação às expectativas dos alunos para o Dia do Formando, professor Alfredo acredita que os discentes receberão a oportunidade de forma positiva, pois o evento foi criado “a partir da minha experiência como professor, pois percebo que eles desconhecem o que procuram. E acabar com essa falta de conhecimento também é uma função da Universidade. Nossa expectativa é ter o Dia do Formando todo semestre”.

A palestra para os todos os alunos, no Teatro Carlos Wenceslau, foi voltada para o desenvolvimento de suas habilidades e o mercado de trabalho. Foi ministrada pelo professor Alfredo Maio, que interagiu com os alunos e contou casos sobre como é preciso perceber suas aptidões e questões de se relacionar com os outros para encontrar uma área em que consiga se desenvolver.

Outro ponto destacado foi a importância de o profissional atuar em todas as áreas. É preciso se especializar, mas saber onde é fraco e melhorar.

Halene Armada é enfermeira, gestora da Fisioform Estética e professora da Castelo. Ela ministrou palestra sobre a proatividade do formando, afirmando também que não se chega ao topo sem passar pela base. Há vários campos de atuação dos profissionais de área de saúde.

O professor do curso de Educação Física da UCB Sergio Tavares deu um depoimento de sua trajetória profissional, explicando a importância de estudar e escolher sua instituição de ensino. Afirmou ainda que o aluno presencia experimentar e aproveitar as oportunidades que surgirem.

Já na sala Nair Muls, no dia 24, a primeira palestra foi para os alunos de Educação Física, com foco nos alunos que estão prestes a fazer o ENADE e nos que cursam Bacharel. O palestrante Bruno Nascimento, professor de Educação Física da Prefeitura do Rio, focou na função pública do profissional, reforçando que é onde as pessoas conseguem estabilidade. Falou um pouco sobre a CREF, órgão responsável por registrar, habilitar e fiscalizar o exercício da profissão, falou sobre a CONFEF, que fiscaliza se a sociedade está sendo bem assistida em relação à Educação Física.

Ao final de sua palestra, o professor deu dicas de como fazer um bom concurso público, indicando os principais autores para os alunos conhecerem.

Já na segunda palestra, o foco era nos alunos de Nutrição. As professoras Cristina Diestel e Fernanda Osso, diretoras na empresa NutMed Cursos de Nutrição, mostraram aos alunos as diferentes oportunidades do curso, com foco em concurso público, tentando ajudá-los no que fazer depois de se formar e que caminhos seguir. Elas ainda deram 10 dicas para um melhor aproveitamento do tempo ao tentar estudar para concursos públicos, incluindo um bom planejamento e qualidade de estudo.

Na terceira palestra, o curso ministrado pela professora Vânia Coutinho foi o de Enfermagem. Os alunos que estão na reta final da graduação receberam dicas para prestar concurso público para residência, por exemplo. A palestrante falou sobre as carreiras públicas e privadas na Enfermagem e como empreender na profissão. Falou sobre a importância de estar sempre atualizado e mostrou o que o mercado globalizado espera de um profissional de Enfermagem nos dias de hoje. Ao final da palestra, Vânia sorteou bolsas de 25%, 50% e 100% para seu curso preparatório on-line, brindes e bolsas de pós-graduação para estudar na UCB.

O diretor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da instituição, professor Washington Luiz Gonçalves, contou sua trajetória acadêmica e profissional, falou sobre a importância do ENADE para os alunos, pois a nota afeta a Universidade e, consequentemente, o nome que eles carregam no currículo. Além disso, explicou a diferença entre pós, mestrado e doutorado.

Ainda no dia 24 de outubro, houve palestras sobre carreira militar, a arte de empreender, concurso público, com enfermeiros pedagogos, gestores de RH, professores, assistentes sociais, dentre outros profissionais.

O mesmo aconteceu no dia 25. Mais conhecimento por meio de palestras e tira-dúvidas para os alunos.